Proposta do Burger King viraliza e vira a novela preferida dos usuários do Facebook

O fim de agosto e começo de setembro rendeu uma nova novela, e não foi ‘A Regra do Jogo’ da Globo, foi a novela McWhopper nas redes sociais, envolvendo grandes empresas de fast food. Como toda a trama parece ter tido seu final feliz, resolvi postar o desenrolar de tudo, para quem não acompanhou ou perdeu algum capítulo do folhetim online mais comentado do facebook nos últimos dias.

A PROPOSTA

Era um dia normal na internet quando o Burger King resolveu fazer uma proposta pública ao seu concorrente, McDonalds. Propôs criar um sanduíche em conjunto com o rival, que se chamaria “McWhopper”, e tudo aconteceria com apoio da ONG Peace One Day que receberia o lucro das vendas dessa união como forma de doação. A proposta foi baseada no Dia Mundial da Paz, que  é celebrado dia 21 de setembro.

Não demorou muito e todo mundo começou a torcer para que a campanha acontecesse de fato e o McDonalds topasse a parceria em prol de uma causa nobre.

A RECUSA

E foi aí que veio o banho de água fria. McDonalds  disse NÃO e virou a vilã dos usuários de redes sociais naquele dia! O todo poderoso da franquia, Steve Easterbrook, não só negou como ironizou a proposta pública do Burger King com a frase “Da próxima vez, um simples telefonema seria suficiente.” Será que seria? Mas, ele explicou que recusaria, pois, “Todos os dias, vamos reconhecer que entre nós há uma simples competição de negócios amigável que certamente não é igual a circunstâncias de real dor e sofrimento da guerra.”

O efeito da resposta de Steve tomou uma onda negativa nas redes sociais, e enquanto o Burger King recebia elogios, o McDonalds recebia mais críticas que humorista após falar de cantora grávida.

 E O JOGO VIROU, NÃO É MESMO?

O Burger King estava na sua crista da onda nas redes sociais. Recebia os melhores elogios e declarações de amor quando veio o elemento surpresa da trama: o Giraffas. A rede de fast food brasileira que foi fundada em Brasília aproveitou a audiência da trama e entrou direto de protagonista e mocinho dizendo que eles topavam sim a parceria.

Em vários outros locais do mundo, outras empresas como as americanas Denny’s e Wayback Burgers, também toparam a parceria depois da recusa do McDonalds. Porém, todavia, entretanto… em terras brasileiras o Giraffas colhia louros da fama em suas redes sociais. No facebook, por exemplo, eles receberam no post de “Ei, eu topo” mais de 69 mil likes e quase 9 mil compartilhamentos (números muito acima da média normal de engajamento da página). E aí o jogo virou. De Burger King, o amor dos fãs de fast food se voltaram para o Giraffas.

FINAL FELIZ

Com o Burger King demorando a responder, questionamentos como “Vai ficar feio se eles recusarem” começaram  a assolar a cabeça de todo mundo. Era como um jogo de tênis em que alguém jogou a bola para um lado, o adversário jogou a raquete no chão, desistiu e levou vaia, aí entrou outro jogador e arremessou a bola com tanta força que ainda não sabemos se a jogada teria volta (há sentido nisso?). Fato que o Burger King não poderia deixar seu sucesso de marketing se transformar num pesadelo e ganhar até mais antipatia que o McDonalds. E então veio a resposta…

PODE COMEMORAR! Vai ter sanduíche da paz do Giraffas com BK sim, e ainda vão ter outras parcerias ao redor do mundo com outras marcas que aceitaram a proposta antes direcionada ao Mc. Pelo menos é o que diz na carta aberta oficial do Burger King.

PLÁGIO?

Como todo último capítulo sempre deixa uma treta mal resolvida, há inúmeros sites afirmando que a ação de marketing do BK foi um plágio de uma antiga ação que já existia e que foi criada por George E.F. Walters e Ewan Harvey. Os dois ingleses teriam criado na agência DLKW Lowe uma campanha que mesclava marcas famosas, justamente para o Dia Mundial da Paz. Na verdade, é exatamente o mesmo conceito, inclusive ele uniu Mc Donalds e Burger King para o Big Mac Whopper. Haviam, também, outras mesclas de rivais, como Nike e Adidas criando um novo tênis, Pesi e Coca-cola se unindo por um novo refrigerante, WhatsApp e BBM (da BlackBerry) criando serviço de mensagens. Isso significa mais treta e o possível fim dos planos felizes de misturas de um sanduíche exclusivo?

Não, pois apesar das fortes acusações da mídia, os ingleses criativos não acham que foi plágio e sim coisa do acaso, portanto, não haverá processo.

PRÓXIMO CAPÍTULO

Então é só aguardar a mistura do BK e do Giraffas. Será que rola um BKBrutus ou GiraWhopper?

 

Share This:

Nauan Sousa

Jornalista, social media e fã de cultura pop. Não gosto de determinar, prefiro analisar. Gosto de palavras, séries, doce e cerveja. Provavelmente você não irá com minha cara logo de cara, mas se você me der 3 minutos e 10 segundos posso te convencer que o 'Sério, Nauan?' vale sua visualização.

Um comentário em “Proposta do Burger King viraliza e vira a novela preferida dos usuários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.