Cansado dos humanos, designer se submete a alterações neurológicas para viver como uma cabra

Durante 3 dias o designer Thomas Thwaites, cansando da humanidade e sua rotina acelerada, resolveu viver como uma cabra. Isso mesmo, e a experiência foi além, o britânico comprou próteses especiais para as mãos e os pés e se submeteu a alterações neurológicas ( tratamento de estimulação magnética transcranial para causar dano temporário ao cérebro e assim poder bloquear sua capacidade de falar) para se assemelhar aos animais. E até pensou em implantar estômago falso para digerir capim, mas desistiu por causa dos riscos a sua saúde.

Em entrevistas Thomas explicou sua motivação: “Então eu me perguntei: não seria fantástico ser um animal durante algum tempo? Eu queria era tirar férias da humanidade”. E com isso ele estudou o comportamento de um rebanho durante nove meses e conviveu com as cabras durante três dias. O pastor que acompanhava o rebanho afirmou que os animais o receberam bem.

11826044_894311573985348_8861458202154124921_n

Sua experiência o inspirou para o lançamento de GoatMan: How I Took a Holiday from Being Human (“O Homem-Cabra: Como Eu Tirei Férias de ser Humano”, em português), seu livro que será lançado em abril de 2016 em livrarias europeias.

 

Share This:

Nauan Sousa

Jornalista, social media e fã de cultura pop. Não gosto de determinar, prefiro analisar. Gosto de palavras, séries, doce e cerveja. Provavelmente você não irá com minha cara logo de cara, mas se você me der 3 minutos e 10 segundos posso te convencer que o 'Sério, Nauan?' vale sua visualização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.