‘Jogos Vorazes’: A saga que chegou em chamas nos cinemas e está saindo morna (contém spoilers)

Sinopse

Após assumir o papel do Tordo, o símbolo da Revolução, Katniss Everdeen, seus amigos e os habitantes do Distrito 13 se engajam na batalha contra a autocrática Capital e seu líder, o Presidente Snow.

Crítica

Ontem (18), o último filme da saga Jogos Vorazes chegou aos cinemas. Com um fim óbvio, a trama perdeu a oportunidade de um desfecho épico para uma grande saga.

Antes de mais nada, vale ressaltar que ‘Jogos Vorazes: A esperança – O final’ não é ruim, porém está longe de ser o melhor filme da saga que conquistou milhões de espectadores no mundo inteiro. Na trama, Katniss (Jennifer Lawrence) volta, como sempre intensa, para sua guerra contra a Capital, mas dessa vez suas cenas não se restringem a batalhas e discursos de liberdade. A personagem de Lawrence resolve usar o último filme para resolver seu triângulo amoroso com Peeta (Josh Hutcherson) e Gale (Liam Hemsworth). A história romântica embalada pelos três personagens apenas não funciona, poucos eram os interessados em saber com quem a protagonista ia ficar, afinal tem uma guerra imensa acontecendo no filme. A insistência em uma possível disputa dos garotos por Katniss ficou chata, fora de hora e com uma ênfase desnecessária, que não foi dada nos outros filmes por não ser interessante.

O ritmo ‘Jogos Vorazes: A esperança – O final’ é corrido, cheio de reviravoltas, mas todas óbvias. Sério que alguém achava que a President Alma Coin (Julianne Moore) não seria atingida pela flecha da Katniss desde o momento em que ela sugeriu uma edição especial dos jogos? Sério que ninguém desconfiava que Peeta e Katniss seriam felizes para sempre com filhinhos e tudo mais? Mas, o último filme de Jogos Vorazes é isso, uma sucessão de spoilers internos, com momentos que você sabe que vai acontecer, simplesmente acontecendo.

Os pontos positivos do longa dirigido por Francis Lawrence são os efeitos especiais das cenas de armadilhas, a interpretação de Jennifer, que apesar de alguns momentos desnecessários já citados aqui, faz chover e nevar com sua personagem e a mensagem final dada durante toda a saga.

Jogos Vorazes é incrível, tanto no roteiro, quanto na escolha de atores, na cenografia, fotografia e mensagem, só que com desfecho de “esperava um pouco mais”.
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=T0QMS0aRVJ4]

Share This:

Nauan Sousa

Jornalista, social media e fã de cultura pop. Não gosto de determinar, prefiro analisar. Gosto de palavras, séries, doce e cerveja. Provavelmente você não irá com minha cara logo de cara, mas se você me der 3 minutos e 10 segundos posso te convencer que o 'Sério, Nauan?' vale sua visualização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *