Opinião #1: Quem é você, Alasca? – John Green

O livro:
O livro conta a história do adolescente Miles Halter, o colecionador de últimas palavras, um garoto que não tem muitos amigos e vai para um novo colégio, um colégio interno. Lá ele faz amizade, quase que instantaneamente, com Chip, seu companheiro de quarto e conhecido como Coronel. Através dessa amizade, Miles conhece e se apaixona por Alasca Young, uma garota misteriosa que tem uma visão peculiar da vida.
No meio do livro um acontecimento muda para sempre a vida de todos e várias reflexões são geradas através da narrativa e da reação dos personagens.

1

Opinião:
‘Quem é você, Alasca?’ é um livro que te prende por diversos aspectos. Tem fácil leitura, é surpreendente, os personagens são cativantes apesar de um certo clima de introspecção de alguns durante o decorrer da história e o enredo é surpreendente. De cara, a divisão de capítulos começa em uma contagem regressiva, então o leitor fica ansioso para saber o que acontece no dia 0, e quando o dia 0 chega… ah… ‘uau! Nunca esperava por isso.’
Nada no livro de John Green está fora do lugar, lembro que ao ganhar ‘Quem é você, Alasca?’ de presente eu realmente esperava outra história, uma outra proposta. Que bom que estava enganado. ‘Quem é você, Alasca?’ supera expectativas por ser simples, direto e ao mesmo tempo mexer com assuntos complexos como a vida e a forma que ela se desenha a partir de nossas atitudes.

HT---Retrospectiva2015-(2)Apesar de Miles ser o protagonista declarado da obra, Alasca se destaca por dominar todos os outros personagens, deixando a história a seu mercê. Sua personalidade é forte, afirmativa e arrogante sem parecer impositiva a quem está lendo. Assim como os personagens, nos entregamos a Alasca, a todas as emoções que ela consegue transmitir com sua intensidade. Essa personagem está no livro pra mostrar que a obra não é de paixonite adolescente. ‘Quem é você, Alasca?’ é tenso e forte, apesar de algumas necessárias pausas cômicas.

Vale a pena ler (ou se transformar, como preferir) com esse livro. Creio que Alasca quase conseguiu o posto de Capitu para o título de personagem feminina que mais amo na literatura, faltou pouco.
Como sairei deste labirinto?

Share This:

Nauan Sousa

Jornalista, social media e fã de cultura pop. Não gosto de determinar, prefiro analisar. Gosto de palavras, séries, doce e cerveja. Provavelmente você não irá com minha cara logo de cara, mas se você me der 3 minutos e 10 segundos posso te convencer que o 'Sério, Nauan?' vale sua visualização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.